sábado, 13 de dezembro de 2008

Secrets of style

Secrets of style
In Style magazine (In Style Books, 2005)

Outro livro basicão e bacaninha sobre estilo, roupas clássicas, como comprá-las, identificar sua qualidade, aprender a tirar proveito delas de acordo com o tipo de corpo etc etc etc - não tem a mesma graça de The little black book of style e The one hundred, nem o humor de Trinny e Susannah, mas serve como um bom guia para quem está começando a se inteirar do assunto.

Para mim, o divertido ao consultar esse livro é me lembrar de algumas roupas que já tive e que marcaram minha vida para o bem ou para o mal. Um vestido cor-de-rosa, de tafetá, que usei no aniversário de 15 anos de uma amiga (era um desastre fashion típico dos anos 80 e me dá uma certa depressão lembrar dele, mas o lado bacana foi que minha mãe fez questão de mandar fazer o vestido que eu queria, sem tirar nem pôr); um conjuntinho de saia e twin-set amarelo (mais ou menos da mesma época, e que eu amava); tênis all-star de cano longo, também amarelo; uma época de keds branco com vestidinhos soltos e floridos que me engordavam pra caramba; uma saia preta longa maravilhosa que eu me dei de presente de natal e usei meia dúzia de vezes; uma calsa fuseau de veludo laranja (!!!); o short cru e a camiseta regata colorida usados no réveillon que deu origem a um longo relacionamento; o casaco azul e vermelho da GAP que eu comprei pela metade do preço, perdi num incêndio (isso mesmo) e acabei comprando de novo, pagando afinal o preço inteiro; meu primeiro casaco de camurça; as camisetas da finada Philippe Martin (era isso mesmo?), incluindo uma camisa verde e cor-de-laranja que eu usava em parceria com meu irmão; uma camisa de patinhos que eu também dividia com meu irmão; uma calça fuseau preta que eu usava com a camisa de patinhos; o vestido de veludo azul estampado que usei, aos 8 anos, no casamento do meu padrinho; um vestido preto e decotado, também de veludo; uma camisa pink que usei horrores, já nos anos 2000... Eu poderia ter escrito a primeira frase de A louca da casa: "Estou acostumada a organizar as lembranças da minha vida em torno de um rol de namorados e livros." Mas eu incluiria também as roupas.

2 comentários:

Cláudia disse...

Nossa, Isabel, me diverti muito com esse post! Identificação total! Acho que tivemos o mesmo guarda-roupa ...
Beijos,
Cláudia

Isabel Pinheiro disse...

E de ontem pra hoje, Cláudia, eu ainda me lembrei de dois vestidos brancos que comprei para O MESMO FIM DE ANO, e que depois ficaram tomando poeira no armário porque onde é que eu ia usar dois vestidos brancos ao longo do ano? Bjs!