domingo, 10 de agosto de 2008

Assim morreram os ricos e famosos

Assim morreram os ricos e famosos
Michael Largo (Larousse, 2008)

Michael Largo tem obsessão pela morte. Em seguida a Final exits, e aproveitando boa parte do material desse primeiro livro, ele lançou um outro volume dedicado, dessa vez, a contar como morreram várias pessoas conhecidas. A capa e o projeto gráfico seguem a mesma linha do livro anterior, inclusive com notas e citações entre os verbetes - recurso que, às vezes, deixa a leitura um pouco confusa. Por incrível que pareça num livro organizado em ordem alfabética de sobrenomes, faz falta um índice onomástico, já que muita personalidade entra em notas temáticas e, dessa forma, Janis Joplin aparece no verbete de Jim Morrison.

O bacana é que, mais do que apenas desfiar um monte de causas mortis, Michael Largo também dá uma palhinha da vida de figuras tão interessantes quanto Nikola Tesla (coração), Anne Sexton (asfixia por gás carbônico), Rod Serling (Alzheimer), Geronimo (pneumonia). O que só faz aumentar minha certeza de que eu poderia, se quisesse, passar o resto da vida lendo apenas biografias.

Um comentário:

K. disse...

Esses seus últimos posts, em especial o final desse, me lembraram uma matéria EntreLivros que dizia: "Biografia: história da vida de uma pessoa; ensina, com simplicidade, o dicionário. Dicionários existem para nos aquietar. Também as biografias, que oferecem a ilusão de uma ordem, um fio de sentido, ali onde nada se completa, nada se fecha: o grande turbilhão da vida." Talvez isso explique a sua vontade de passar o resto da vida lendo apenas biografias.